quinta-feira, 1 de março de 2018

Amor é fogo que arde sem se ver de Luís de Camões


Boa noite. Um poema para embelezar esta noite.


Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói, e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
É um andar solitário entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É um cuidar que se ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata, lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?

-Luís de Camões 




Beijos,
-F

sábado, 20 de janeiro de 2018

Caderno de poesias.

Boa noite. Aqui está mais um poema para nos alegrar esta fria noite.




Caderno de poesias
é um belo lugar.
Tantas coisas lindas
que eu gostaria de falar.
Eu falo em forma de versos
para todos poderem escutar.
Agora você já sabe
por que os poetas passam os dias
escrevendo em seus cadernos de poesias.

- Clarice Pacheco



Beijos,
-F

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Memória de Carlos Drummond de Andrade

Boa noite. Aqui está mais um poema.
Espero que seja um bom ano para todos!



Amar o perdido
deixa confundido
este coração.

Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão

Mas as coisas findas
muito mais que lindas,

essas ficarão.



Beijos,
-F